segunda-feira, 26 de outubro de 2015

VII Sou África em Todos os Sentidos - Ubuntu -Reinos de NZinga




VII Sou África em Todos os Sentidos UBUNTU - Reinos de Nzinga
De 07 de Novembro a 13 de Dezembro 2015.

Alessandra Ribeiro que é liderança da Comunidade Jongo Dito Ribeiro e Coordenadora Geral da Casa de Cultura Fazenda Roseira fala um pouco sobre o Sou África deste ano.

O VII Sou AFRICA - Ubuntu - Reinos de NZinga tras para o ano de 2015 a seguinte novidade, Ubuntu é pensando em todas as ações e todas as possibilidades conjuntas, ubuntu significa sou porque nós somos, então pensando essa filosofia do ubuntu, que foi identificada pelas crianças Iorubas de uma determinada tribo africana, queremos trazer para dentro da programação desse ano ações e possibilidades de dialogo dos quais somente a coletividade possibilita e que a gente consiga realizar , avaliar ou pensar estratégias . 

E estamos homenageando a rainha NZinga que é a rainha da região Banto de África teve no sec XVII e XVIII uma grande importância estratégica e política na administração de 5 reinos na região de Congo e Angola e ai de novo estamos repondo essas mulheres de luta, essas mulheres que articulam para pensar todas essas questões no Sou África já que esse ano teremos a primeira marcha das mulheres negras realizada em território nacional mas também como uma grande ação no campo mundial já que nunca aconteceu anteriormente em outro pais uma marcha somente de mulheres negras.

E pensando em rainha NZinga e Ubuntu a gente esta trazendo uma programação bastante diversa que permeará diversos aspectos de interesse da comunidade negra. Começando com o lançamento dos Caminhos do Axé , que tem como objetivo trazer um pouco dessa questão ancestral pensando rainha NZinga nas matrizes africanas e nos seus territórios de cultura e identidade e vamos ampliando isso passando pelo patrimônio imaterial, passando pelos territórios negros da cidade de Campinas conhecendo um pouco as outras culturas com as oficianas que vamos realizar de teatro do oprimido oficina oxossi e ossain que tratam de meio ambiente e a oficina sobre a história e vida da obra de Fanon, trazendo temáticas da juventude de terreiro e encerramos a programação com uma ação importante que é o casamento afro coletivo e para fechar as festividades dia 19 de dezembro terá o Samba de Luá , esperamos todos vocês, a casa é nossa , bora dialogar”


Programação

07/11 - Sábado - Caminhos do Axé
10h às 12h - Roda de Conversa : Mulheres e seu EU nos caminhos do Axé Comendadora Ekedi Edna Lourenço e convidadas. Lançamento da publicação Caminhos do Axé
13h às 14h30 - Almoço Afro – opcional (R$15 por pessoa) é necessário confirma presença até 10h30 da manhã. Comida de Iyalodê - Arroz branco, macaxeira com frango e salada de feijão fradinho.
15h às 17h - Apresentação do Projeto Rua Negras e Projeto Parque Zumbi dos Palmares Mandato do Vereador Carlão, Pesquisadoras do Projeto Ruas Negras - Comendadora Ekedje Edna Lourenço, Prof. Me. Alessandra Ribeiro
18h às 19h - Filme + Debate – Rainha Nzinga
19h às 22h - Roda de Jongo – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Comemorações do 1ª ano do Centro de Referência Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas SP

08/11 - Domingo - Ruas Negras
9h - Lançamento do Projeto Ruas Negras: Pesquisadoras do Projeto Ruas Negras - Comendadora Ekedje Edna Lourenço, Prof. Me. Alessandra Ribeiro – Rua Mestre Tito. Vila Industrial.
Dia todo - Feira Afro MIX – Estação Cultura de Campinas (16h Roda de Jongo: Comunidade Jongo Dito Ribeiro)

10/11 - Terça-Feira - Bens Registrados,Detentores e Culturas Tradicionais Rumos da Salvaguarda – CSPC – Coord. Setorial de Patrimônio Cultural
10h às 12h - O que é Patrimônio Imaterial e suas competências no município de Campinas/SP. com Marcela Bonetti, Henrique Annunziata e Alessandra Gama.
14h às 16h - Tombamentos e Reconhecimentos: prédios manifestações e ruínas. com Fabíola Rodrigues e Sandra Geraldi
19h às 21h - Patrimônio Cultural Alimentar e outros sabores. com Marcelo Reis e convidados.

11/11 - Quarta-feira - Feira Economia Solidária, Criativa e Comunitária Mãe Isabel Cristina CndPC.
10h às 12h – Oficina de costura e artes: mãosde criação, artes e artefatos.
14h às 16h – Roda de conversa: Experimentos sobre as feiras e produtos das matrizes africanas.
19h às 21h – Reunião para organização da Marcha Zumbi dos Palmares Campinas - local sede do Urucungus, Puítas e Quijengues - Local: Casa de Força - Rua Salvador Lombardi Neto, nº 15 - Vila Nova Teixeira.

12/11 - Quinta Feira - Cidade NEG(R)A de Campinas. Mediação de todas as mesas:
Historiador Sr. Valdir Oliveira.
10h às12h - Museu de Imagem e Som – Memórias e imagens de nossa Neg(R)a cidade. Com Juliana Siqueira (MIS) e Batata SMC)
14h às 16h - Parques(Largo de Café e Museu da Cidade. Com Maristela Camargo e Adriana Barão
19h às 21h - Roda de Conversa: Roteiro Afro, Turismo Étnico e Comunitário – Sec. Turismo, CEPIR, Conselho da Comunidade Negra e convidados Alexandra Caprioli, Eros Vizel (Sec Turismo), Dr. Tagino (Cons. Comunidade Negra) e ´Sergio Max (CEPIR) mediação: Sr. Valdir Oliveira

13/11 - Sexta - feira - Minha Coroa é um Torso (turbante)
10h às 12h - Coletivo Nyotas e fotógrafa Pola – Salto - Oficina de Turbantes – Minha coroa é um torso.
Almoço afro – opcional, porém necessário confirma presença até as 10h30. (R$15,00) por pessoa. Muqueca à moda Jongueira
14h às 16h - MARCHA das Mulheres NEGRAS – Quem marcha? Com Frente das Mulheres Negras e PLPs Campinas, Cida da Terra de Campinas e Região.

14/11 - Sábado - Matrizes Africanas no espaçoURBANO - Comemorações do Dia da Umbanda Coletivo Saravaxé.
Local: Praça Bento Quirino – atrás da Catedral Metropolitana de Campinas
10h às 13h – Pai Elcio de Oxalá, Suellen Luz e convidados.

15/11 - Domingo – Semana do Hip Hop de Campinas - Encontro de Crespas e Cacheadas, Cultura de Rua e Juventude.
10h às 19h - Várias atividades o dia todo. Entrada 1kg de alimento (menos sal)

16/11 Segunda Feira - Rotas, trilhas e roteiros
10h às 12h - Roteiro na Fazenda Roseira: Quilombo Urbano.
14h às 16h - Roda de conversa: Casa de Cultura Fazenda Roseira - conquistas e desafios.

17/11 Terça Feira – PREPARAÇÃO Marcha dasMulheres Negras - Somente visitação da exposição.

18/11 Quarta-Feira – Marcha das Mulheres Negras - Somente visitação da exposição.

19/11 Quinta-Feira - Cultura da Infância e nossa Negritude Príncipes e princesas do Ébano - Somente visitação da exposição.

20/11 - Sexta-Feira Marcha ZUMBI dos Palmares – Estaremos nas ruas do centro de Campinas.
9h30 - Concentração na Estação Cultura.
10h - Marcha Zumbi – Rua 13 de Maio, Av.Francisco Glicério, Rua: Conceição, Rua: Barão de Jaguara, Rua:Gal. Osório, Av Anchieta, Rua Tomaz Alves, Av. Francisco Glicério e Praça em Frente da Catedral Metropolitana de Campinas.
16h - Roda de Jongo – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – em frente à Igreja SÃO BENEDITO – Imagem da Mãe Preta – Rua Cônego Cipião, 772.
19h - Prêmio ZUMBI dos Palmares – Câmara dos Vereadores de Campinas – Rua: Avenida Engenheiro Roberto Mange, 66.

21/11 - Sábado - Cursinho Popular Hebert de Souza – Território em Perigo. Local:R. Dusolina Leoni Tournieux, 249, Pq. Residencial Vila União.
10h às 12h - Roda de Conversa - TERRITÓRIO EM PERIGO – Cursinho Popular Hebert de Souza – memórias e construções.
14h às 16h - Cursinho Popular Hebert de Souza - é o nosso acesso à Universidade.
19h às 21h – intervenções artísticas e culturais.


22/11 Domingo - SESC INTERLAGOS – SP – Roda de Jongo – Comunidade Jongo Dito Ribeiro.

24/11 Terça- Feira – Redes e Pontos - As matrizes africanas na Política Nacional e Municipal do Cultura Viva – Programas de Cultura e Educação.
10h às 12h - Programa Mais Educação – Conquistas, desafios e avanços.
14h às 16h - Programa Mais Cultura – Educação Patrimonial como diferencial.
19h às 21h - Roda de Conversa: Pontos de Cultura e Matrizes Africanas – vários convidados.

25/11 Quarta-Feira - COLETIVO SARAVAXE e ARMAC roda de conversa.
10h às 12h - KIZOMBA e Juventude de Terreiro Nacional, Estadual, RMC e adjacências
14h às 16h - Filme Debate – Na rota dos Orixás e a Rádio como comunicação das matrizes africanas.
19h às 21h – Roda de conversa ARMAC- Se o país é laico, porque TANTA intolerância religiosa?

26/11 Quinta-Feira - AFREAKA trocando saberes.
10h às 12h - Rota AFREAKA - Iniciativas africanas fora dos estereótipos – Apresentações visuais sobre 16 pais africanos.
14h às 16h - Roda de Conversa – África nas Escolas.
19h às 21h - Registros e entrevistas – experiências afro-brasileiras contemporâneas Afreaka.

27/11 Sexta-Feira TEATRO e Negritude OFICINA TEATRO DO OPRIMIDO.
Oficineira: Luanda Sant´Anna e Ivamney Lima
10h às 12h30 - O Teatro do Oprimido. Apresentação (parte 1).
Almoço AFRO - Frango com quiabo e polenta (somente aos inscritos na oficina).
14h às 16h30 - Teatro como resistência contra a opressão - Oficina do Teatro do Oprimido (parte 2).

28/11 Sábado – FECANTA – visitação das 11h às 16h.

29/11 Domingo – FECANTA – visitação das 11h às 16h.

01/12 Terça–Feira – Coração Verde
OFICINA: Cirandas de Ossanhe e Oxossi –
(alimento, ervas, paisagens, meio ambiente).
10h às 12h – Troca de saberes sobre plantas
e ervas da Roseira.
Almoço AFRO – Feijoada Vegetariana e tradicional (somente aos inscritos na oficina).
14h às 17h – Roda de Conversa: Comdema, Secretaria do Verde, Secretaria Meio Ambiente, Diretor Regional CATI. Com Carlos Alexandre (Presidente COMDEMA) e convidados (Secretaria Verde, Meio Ambiente e Diretoria Regional
19h às 21h – Filme + Debate – Lemon Tree.

02/12 e 03/12 - Quarta-Feira – Dia doSamba -
Kilombagem apresenta:
Curso Sobre Fanon – Vida e Obra.

02/12 - 14h às 20h – Mini curso – Parte 1

03/12 - 14h às 20h - Mini curso – Parte 2

02/12 - "Juventude Uma Política em Construção - Resultados do ProjetoPiloto".
14h às 21h - Debates e Formações e Noite Cultural.

03/12 - Quinta-Feira - África-Brasil – Relações Multiculturais e Multilinguísticasno mundo Digital – Fórum de Cultura Digital e Cultural LAB.
10h às 12h Digital E Conferência -Cabo Verde.
14h às 16h – Considerações em torno da E Conferência no Mundo Digital – Cultural Lab.
19h às 21h – Cine Debate (registros) Uige (Angola), Paiter Surui (Cacoal/Brasil).

04/12 - Sexta-Feira - Eparrei – Salve Santa Bárbara -
Relações Multiculturais e Multiguisticas no mundo Digital Fórum deCultura Digital e Cultural LAB – Angola.
10h às 12h - Cine Debate – Cartas para Angola – Universidade Kimpa Vita.
14h às 16h – E Conferência – Matheus Verger – Vivências e experimentos musicais em Angola.

13/12 – Domingo – Casamento AFRO
Coletivo Umbandista.
Obrigatório adquirir convites antecipados e apresentar para acesso ao evento. Informações: Pai Joãozinho (19) 99336-9942 ou Alessandra Ribeiro (19) 99134-3922.

19/12 – Sábado – Samba de Luá – O samba da madrugada (último do Ano).
23h - Roda de Jongo Comunidade Jongo Dito Ribeiro.
00h - Casa Caiada
03h - Mesa de Bar
(Entrada R$10,00 por pessoa.)
Todas as sextas-feiras Vivências e Formações Livres Em Software Livre e Comunicação
no Lab Afro Hacker - (Sempre:Das 14h às 17h).


Apoio:
Secretaria Municipal de Cultura, CEPIR, Secretaria de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, Casa de Cultura Digital,Coletivo Saravaxé/ARMAC e todos os parceiros e coletivos integrados nessa programação.
Realização:
Comunidade Jongo Dito Ribeiro/ Casa de Cultura Fazenda Roseira/ Centro de Referência Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas SP. Coordenação Técnico -Científico - Profa Me. Alessandra Ribeiro Martins
Redes
http://fazendaroseira.blogspot.com.br/
https://comunidadejongoditoribeiro.wordpress.com/
https://www.facebook.com/CasadeCulturaFazendaRoseira
Casa de Cultura Fazenda Roseira:
Rua Domingos Haddad, 01, Bairro: Residencial Parque da Fazenda - Cep: 13060-563 - Campinas-SP (Próximo ao Hospital e Maternidade Celso Pierro e à PUC Campinas) Contato: (19) 99134-3922 - E-mail: alejongo@gmail.com


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

FÓRUM da JUVENTUDE NEGRA SP 2015 - 17 e 18 de outubro.

 
Final de semana passado entre 17 e 18 de outubro de 2015 recebemos em nossa casa o Fórum da Juventude Negra do Estado de São Paulo.

O principal objetivo desse encontro era a escolha dos jovens negrxs que irão para Brasília no II Encontro Nacional de Juventude Negra (II ENJUNE), representando o estado de São Paulo.

O ''Encontro Estadual de Juventude Negra'' é foi a oportunidade da juventude negra dialogar a respeito de políticas públicas, atual cenário de jovens negros na sociedade, integração com juventudes de outros municípios etc.

Dentro da programação tivemos Grupos de Trabalhos com temas como:
- Saúde da população Negra,
- Genocídio da Juventude Negra,
- Não a redução da maioridade penal,
- Mulher Negra e Feminismo,
- Cultura como enfrentamento.
E mais alguns outros.










O Encontro foi regado de sorrisos , brincadeiras , comidas gostosas , musica boa, performances artisticas , encontro com a ancestralidade, afetividades e muitas boas energias que com certeza reverberam em nossa casa.
Viva a força da juventude sua coragem, garra e beleza , que sejam sempre bem vind@s em nossa casa! 











Segue alguns depoimentos sobre o encontro :

E neste final de semana recebemos lá na nossa Casa de Cultura Fazenda Roseira a Juventude Negra representando o estado de São Paulo. Foi muito reanimador ver que as jovensinhas e jovensinhos... diferentemente da minha época.. tem um posicionamento e visão de mundo que já os permite ir pra luta de forma muito guerreira e corajosa. A delegação que se formou para o ENJUNE Nacional com certeza representará o estado de São Paulo com toda a exelência. Parabéns as organizadoras e organizadores que inclusive, com toda dor e delícia, tiveram a coragem de recontar uma história tão linda da Juventude Preta e "peitaram" uma nova forma de fazer e pensar política pra Juventude Negra desse país! Eeeaaa!!!”

fala de Vanessa Dias coordenadora da Casa de Cultura Fazenda Roseira



"Desde o inicio nossas palavras de ordem foram: chamar, articular, fazer, estar … e chegando aqui nós nos encontramos, nós caminhamos (no sol), fizemos mesa com paridade de gênero e sem cotas para branco. O nosso espaço de empoderamento se dá a todo momento, se a gente quiser, mas pegar o microfone e falar nome, idade, município e o que viemos fazer aqui...foi maravilhoso / foi espetacular / foi revolucionário. 

É essa mesa-roda que queremos. 
Queremos ESTAR / FALAR / GRITAR / DANÇAR / BEIJAR e até DORMIR.
Sim, nós SOMOS !
Quem disse que não temos acumulo politico? Quem disse que não somos? Quem disse que não sabemos? Ei, quem diz de mim, SOU EU !
E seja com 15, 16, 24, 26, 30 ou mais anos de idade, estamos aqui e estamos fazendo, estamos aprendendo, estamos sendo.
Aprendemos e partilhamos varias histórias no Rolê na roseira, (mas ainda faltou uma, que nos vai fazer voltar), guardamos tradições, visualizamos e sentimos a ancestralidade...muito obrigada meninas, motumba!
Comemos muito bem com o projeto saberes e sabores que fizeram tudo com muito amor, carinho e dança.
E por falar em dança, dançamos muito a noite.
Enfim … Construímos, construímos propostas, e construímos relações afetivas.
E agora ? E agora vai ter ll ENJUNE e vamos nos ver lá pela representação que tiramos, sem votação. E aqui fica a composição da mesa que queremos, uma mesa com outra cara, com a nossa cara, porque quem tem que estar atrás da mesa com a palavra somos nós, juventude.
Obrigada. Axé."

Fala de Cinthia Vilas Boas











Fotos Luanda Sant'Ana Comunidade Jongo Dito Ribero

Confira o album do Fórum em nosso flirck: http://migre.me/rSKI0

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

2º CASAMENTO AFRO COLETIVO Abre Inscrições para o fim do ano




Estão abertas as inscrições GRATUITAS para o segundo Casamento AFRO Coletivo, a realizar-se no dia 13 de dezembro de 2015, as 8h30 da manhã na Casa de Cultura Fazenda Roseira. O Casamento AFRO Coletivo é uma realização do COLETIVO SARAVAXE/ARMAC e tem por finalidade abençoar os casais em uma perspectiva cultural (umbandista).

Os interessados e interessadas podem enviar seus dados para coletivosaravaxe@gmail.com até dia 30 de setembro de 2015. Todos os casais são bem vindos, acreditamos que todas as maneiras e formas de amar, é amor.

Informações na inscrição: Nome do casal, Contatos , telefone-celular, E-mails do casal, Endereço, Datas de Nascimento de ambos, Participam de algum Terreiro ou templo? Qual? Nome do religiosos (da religiosa chefe).
As demais informações serão enviadas por email e em reunião presencial OBRIGATÓRIA para TODOS OS CASAIS, no dia 06 de outubro às 19hrs na
Casa de Cultura Fazenda Roseira - Rua Domingos Haddad, n.1 - Residencial Pq da Fazenda - Em frente ao Hospital da PUC II.
Esperamos vocês - Coletivo Saravaxe/ARMAC