sábado, 13 de dezembro de 2014

Inauguração do Centro de Referência de Jongueiras e Jongueiros do Sudeste

No último dia 08 de Novembro de 2014, ocorreu na Casa de Cultura Fazenda Roseira a Inauguração do “Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas-SP”.
Este Centro de Referência (CR) é o primeiro do estado de São Paulo e nasceu em parceria com o Coletivo Nina e o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).  O CR tem a finalidade de ser um espaço que contribua para a Salvaguarda da manifestação do Jongo, não só em Campinas, mas também em outras comunidades jongueiras.



Estiveram presentes as Lideranças de outras comunidades jongueiras de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, alguns jovens representando a Juventude Jongueira, e vários parceiros dos Jongueiros de Dito Ribeiro, além é claro da Secretaria de Cultura de Campinas e de representantes da Coordenadoria Setorial do Patrimônio Cultural de Campinas.

A cerimônia de abertura do CR Jongueiras e Jongueiros do Sudeste foi muito especial, pois houveram homenagens a Mestre Dudu, jongueiro e filho mais Velho de Dito Ribeiro e ao Professor Arantes, um dos responsáveis pelo Patrimônio Cultural em Campinas. A atividade também foi marcada pela entrega da titulação de Patrimônio Cultural Imaterial do município de Campinas, pelo Secretário de Cultura Ney Carrasco.
Depois da entrega da titulação o público foi convidado a apreciar o espaço do Centro de Referência, o qual está com exposição contando um pouco sobre a Manifestação do Jongo e suas peculiaridades.




Em seguida, os presentes puderam confraternizar degustando algumas ‘comidinhas’ típicas das comunidades jongueiras, como cuscuz, canja e canjica. Tudo isso ao som da Dama do Samba de Campinas, Aureluce Santos e Banda.
E para encerrar a noite, a Roda de Jongo com a Jongueirada presente não poderia deixar de acontecer.


”Reuniu vários jongueiros, todos eles bom de verso
Cantando com harmonia, para todo o Universo.
Lelelelele, lelelelele, lelelelele, lelelelelele”
(Mestre Dudu – Comunidade Jongo Dito Ribeiro)


texto Vanessa Dias e fotos de Neander Heringer






quarta-feira, 12 de novembro de 2014

VI Sou África em Todos os Sentidos 2014 - Nos Caminhos do Patrimônio Afro Cultural.



De novembro a dezembro tem Sou África com atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira e também atividades externas, acompanhe a programação completa:

Sábado 08/11

18h Abertura da Exposição
19h Inauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste –
Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/SP
Entrega de Titulação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/SP
Homenagem ao Professor Arantes
Homenagem a Profa. Elaine Monteiro – UFF
19h30 Roda de Conversa: DPI – Departamento de Patrimonio Imaterial- Brasilia, IPHAN –
Instituto de Patrimonio Artístico Nacional – São Paulo, Fundação Palmares- São Paulo,
Secretaria de Cultura de Campinas, CEPIR – Coord. Especial Para Igualdade Racial ,
CONDEPACC e Convidados
21h Roda de Jongo das lideranças e Juventude Jongueira – Jongo do Sudeste

--------------------------------

Terça 11/11 O Jongo do Sudeste (registrado em 2005) – Patrimonio Cultural Nacional

9h30 Roda de Conversa: Do Registro a salvaguarda do Jongo do Sudeste e O Jongo na
Escola
- Vanessa Dias
14h30 Roda de Conversa: A Juventude Jongueira do Jongo do Sudeste
Bianca Lúcia
19h30 Oficina de Tambores – Nos toques da tradição
Prof. Mavi Jalekue – Escola de Curimba Ayan Angalu
---------------------------------

Quarta 12/11 CONDEPACC - CSPC

9h30 A História da CONDEPACC e sua atuação
- Marcela CSPC
14h30 A discussão de Patrimônio em Campinas: avanços e desafios
- Henrique CSPC

--------------------------------

Quinta 13/11 A Capoeira (registrado em 2008) – Patrimônio Cultural Nacional

9h30 Oficina - A roda de Capoeira (registrado pelo IPHAN)
14h30 Ofício dos Mestres da Capoeira (registrado pelo IPHAN)
Alessandra Gama, Prof. Bombril e convidados
19h30 A Capoeira na Escola
- Prof. Paulo Bombril – IBECA

-----------------------------------------

Sexta 14/11 Patrimônio AFRO Ambiental - (texto alterado)

9h30 Roda de Conversa: Racismo Ambiental - Desafios e Possibilidades na Comunidade
Quilombolas (Ivaporunduva)
- Lucas César e Maíra da Silva
14h30 O Corpo como patrimônio -Roda de saberes –Uma reflexão sobre a mulher moderna e o universo da moda e da beleza - Ana Di Romão
sábado 15/11 Dia Nacional da Umbanda –
10h – 13h atividades na Praça atrás da Catedral
Estaremos fechados

---------------------------------------

Terça 18/11 Patrimônio Ancestral

12h Visita a Casa de Cultura Fazenda Roseira do Rei Oba de Efon
Convite para o almoço com Edna Lourenço 7851 -7554

Quarta 19/11 Festa Africana no Bom Prato – atividades externa – projeto Saberes e
Sabores

13h roda com a Comunidade Jongo Dito Ribeiro no Bom Prato
- Estaremos fechados
quinta 20/11 Marcha Zumbi dos Palmares –
9h Concentração na Estação Cultura
16h Roda de Jongo Comunidade Jongo Dito Ribeiro – em frente a Igreja São Benedito –
centro
10 anos de prática e reverência à Dito Ribeiro, São Benedito e à Mãe Preta
19h Premio Zumbi dos Palmares – Câmara dos Vereadores
Estaremos Fechados

-----------------------------------

Sexta 21/11 Roteiro Afro Campineiro – Patrimônio Local

9h30 Oficina – A presença Negra no Centro Histórico de Campinas
14h30 Oficina – Construindo novos Roteiros- Roteiro Afro Campineiro e Cultura Digital
- Alessandra Ribeiro

-----------------------------------------

Sábado 22/11 Patrimônio Cultural Imaterial e Os Movimentos Sociais

9h30 – 12h30 Entendendo o Patrimônio
- Trilha Grio – NINA
14h30 Patrimonio Edificado – Nossas ruínas – Fazenda Roseira antes e na atualidade
Alessandra Ribeiro
16h Negras Raízes – Roda de conversa com artistas negros campineiros
Coord. Rosana Meneses

-----------------------------------------

Terça 25/11 Religiosidades e Patrimônio

9h30 Oficina - Mitologia Africana X Mitologia Greco – Romana
17h Palestra – Sincretismo Afro Religioso
Roda de Conversa: Pai Joãozinho – Terreiro da Vó Benedita
19h30 As Santas Negras
Palestrante: Fábio Custódio

-----------------------------------------------

Quarta 26/11 Casa de Cultura Fazenda Roseira – Centro de Referencia, Pesquisa e
Memória da Cultura AFRO Campineiro Patrimonio Material e imaterial – um diálogo constante

9h30 Lei 10639/03 – O pilar de nossas ações (Projetos, atuação e realizações)
Prof. Wilson Queiroz e Comunidade Jongo Dito Ribeiro
14h30 Metas e Parcerias – Construindo novos Rumos

------------------------------------------------

Quinta 27/11 Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste –
Campinas/SP – Pesquisa, Formação e Difusão da Cultura AFRO

9h30 Projetos, Parcerias e Metodologias – Diáspora Negra e Memória – parte 1
14h30 Brasil – Africa – Germinação, Intercâmbios e Registro – parte 2
Profa. Claudia Wanderley – CLE/Unicamp
Noite – Estaremos Fechados (evento Força da Raça)

-------------------------------------------------

Sexta 28/11 Maracatu Nação Nagô – memórias, negritude e resistência

9h30 – Casa de Cultura Tainã – 25 anos
14h30 – Memórias coletivas e identidades próprias

-------------------------------------------------

Sábado 29/11 Um panorama da Juventude de Terreiro no Brasil – desafios e perspectivas
Juventude de Terreiro RMC

9h Oficina Ervas e Benzimento (saberes umbandistas) – Cristiane Gargantini
Participação: Juventude de Terreiro e Coletivo Saravaxé
14h Mapeamento das Comunidades Tradicionais de Terreiro – O Direito e as
Vulnerabilidades
- uma conversa necessária
23h59 Samba de Luá – Último do Ano- Imperdível
Homenageados convidados: Aureluce Santos e Nelsinho Fidélis

---------------------------------------------------

Terça 02/12 Dia do Samba
As Matrizes do Samba no Rio de Janeiro: partido alto, samba de terreiro e samba
Samba do Recôncavo Baiano

09h30 Oficina Projeto: Saberes e Sabores – Feijoada
14h30 Roda de Conversa: Feijoada do Samba, Feijoada das Marias do Jongo (video)
A Feijoada do Sudeste – CLE/Unicamp
Profa Claudia Wanderley
Edna Lourenço
19h30 – 23h - Roda de Conversa: O Samba Campineiro
Conversando de Samba com Casa Caiada e Convidados das Agremiações das Escolas
de Samba (roda de samba)

------------------------------------------------

Quarta 03/12 Culinária Afro Brasileira – Mitos, ritos e mirongas

9h30 Exibição de Videos 100 anos de Abdias do Nascimento e Carolina de Jesus
14h as 17h Oficina Saberes e Sabores - Culinária Afro Brasileira – parte 1

-------------------------------------------------------

Quinta 04/12 Nos Ventos de Oiá

9h30 Mitos e contos – A senhora dos Ventos
Culinária Afro Brasileira – Mitos, ritos e mirongas
14h as 17h Oficina Saberes e Sabores -Culinária Afro Brasileira – parte 2
19h Coletivo SARAVAXÉ
- Confraternizção e encerramento do IV Sou África em Todos os Sentidos 2014
Toques e Batuques - Escola de Curimba Ayan Angalu - Prof. Mavi Jalekue

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Inauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste abre o VI Sou África em Todos os Sentidos

FlyerCR1Internet


Inauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste abre o VI Sou África em Todos os Sentidos – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas SP

No próximo dia 08 de novembro, sábado, a partir das 14h, na Casa de Cultura Fazenda Roseira, a Comunidade Jongo Dito Ribeiro convida todas e todos para a inauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste, que abre a 6ª Edição do Festival Sou África em Todos os Sentidos, uma das várias agendas do mês da cultura negra em Campinas-SP.

Entre as ações no dia da inauguração do Centro de Referência teremos: exposições, rodas de conversas, homenagens, explanação de conteúdos sobre patrimônio material e imaterial com a presença de várias lideranças jongueiras de outros territórios e rodas de jongo entre as comunidades.

O Jongo é um patrimônio imaterial, registrado como forma de expressão afro-brasileira que integra percussão de tambores, dança coletiva e é considerado o avô do samba. É praticado nos quintais das periferias urbanas e em algumas comunidades rurais do sudeste brasileiro.

Em Campinas, a Comunidade Jongo Dito Ribeiro é a detentora do Jongo, que é registrado como Patrimônio Cultural Imaterial brasileiro pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 2005 e como patrimônio cultural imaterial em Campinas desde 2013. Em ambos os registros o Jongo se encontra no Livro de Registro das Formas de Expressão, que são atividades expressivas e comunicativas tradicionais enraizadas na vida social, no Brasil e em Campinas, respectivamente.

A Comunidade Jongo Dito Ribeiro está localizada na Casa de CulturaFazenda Roseira, na região Noroeste de Campinas. A partir de um edital promovido pelo IPHAN, a Comunidade Jongo Dito Ribeiro em parceria com a NINA Grio foi contemplada e receberá aportes financeiros do governo federal para ações de salvaguarda do jongo, entre essas estão previstas a criação do Centro de Referência Cultural do Jongueiras e Jongueiros do Sudeste – Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas SP, que abrigará diversas ações voltadas para a preservação desse importante Patrimônio Cultural, localizado naCasa de Cultura Fazenda Roseira, em Campinas.  Entre essas ações ser um Centro de Referência para a comunidade jongueira da região sudeste, preservando a a produção, registro, memória e transmissão, para futuras gerações.

Sobre o VI Sou África em Todos os Sentidos

Este ano, o Festival Sou África em Todos os Sentidos trará o tema “Nos Caminhos do Patrimônio Afro-Campineiro” e já em seu sexto ano, propõe espaços de interações, debates, encontros e trocas na temática da cultura afro-brasileira e no aprofundamento de saberes de matrizes africanas, como também as suas práticas, no exercício de construção e resistência e cultura negra no território local e nacional. Esse ano o Sou África inicia no dia 08 de novembro e vai até o dia 04 de dezembro, com mais de um mês de programação.

Possibilita grandes encontros de saberes, homenagens, discussões, obras e transformações de entendimento numa programação que contemplará exibições de filmes, exposições, homenagens, debates, saraus, shows, tradições e trocas, todas especialmente feitas para todas e todos que pensam e exercem suas culturas diariamente.

O Sou África está dentro do mês de novembro, mês da consciência negra e convida tod@s para participarem e trocarem neste espaço de resistência que está aberto para as mais plurais interações.

Veja a programação completa: Programação VI Sou África em Todos os Sentidos2014 -Nos Caminhos do Patrimonio Afro Cultural

Sábado 08/11

14h

Visita ao Museu Babá Toloji

18h

Abertura da Exposição – IV Sou África em Todos os Sentidos - Tema: Nos
Caminhos do Patrimônio Afro-Campineiro

19h
Inauguração do Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas/SP

Entrega de Titulação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro – Campinas/SP

Homenagem ao Mestre Dudu – Comunidade Jongo Dito Ribeiro

Homenagem ao Professor Arantes

Homenagem a Profa. Elaine Monteiro – UFF

19h30

Roda de Conversa com os presentes DPI (Departamento de Patrimônio Imaterial) de Brasilia, IPHAN (Instituto de Patrimônio Artístico Nacional) de São Paulo, Fundação Palmares de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura de Campinas, CEPIR (Coord. Especial Para Igualdade Racial) CONDEPACC (Conselho de Patrimônio Histórico e Cultural de Campinas) e Convidados

21h

Roda de Jongo das Lideranças Jongueiras + Roda de Jongo da Juventude Jongueira
e Comunidade Jongo Dito Ribeiro

22h

Atração Cultural

Terça 11/11 O Jongo do Sudeste (registrado em 2005) – Patrimonio Cultural Nacional

9h30

Roda de Conversa: Do Registro a salvaguarda do Jongo do Sudeste e O Jongo na Escola - Vanessa Dias

14h30

Roda de Conversa: A Juventude Jongueira do Jongo do Sudeste Bianca Lúcia

19h30

Oficina de Tambores – Nos toques da tradição - Prof. Mavi Jalekue – Escola de Curimba Ayan Angalu

Quarta 12/11 - CONDEPACC - CSPC

9h30

A História da CONDEPACC e sua atuação - Marcela CSPC

14h30

A discussão de Patrimonio em Campinas: avanços e desafios - Henrique (CSPC)

Quinta 13/11 A Capoeira (registrado em 2008) – Patrimonio Cultural Nacional

9h30

Oficina - A roda de Capoeira (registrado pelo IPHAN)

14h30

Ofício dos Mestres da Capoeira (registrado pelo IPHAN)

19h30

A Capoeira na Escola - Prof. Paulo Bombril – IBECA

Sexta 14/11 Patrimonio AFRO Ambiental - O sagrado (Ervas, folhas e lugares)

9h30

Roda de Conversa: Racismo Ambiental - Desafios e Possibilidades na Comunidade
Quilombolas (Ivaporunduva)

- Lucas César e Maíra da Silva

14h30

Roda de saberes –Uma reflexão sobre a mulher moderna e o universo da moda e da beleza - Ana Di Romão

Sábado 15/11 Dia Nacional da Umbanda

10h

Atividade na Praça atrás da Catedral

Estaremos fechados

Quarta 19/11 - Festa Africana no Bom Prato – atividades externa – projeto Saberes e Sabores

13h

Roda de Jongo no Bom Prato
- Estaremos fechados

Quinta 20/11 - Marcha Zumbi dos Palmares –

9h

Concentração na Estação Cultura

16h

Roda de Jongo Comunidade Jongo Dito Ribeiro – em frente a Igreja São Benedito – Centro

19h

Premio Zumbi dos Palmares – Câmara dos Vereadores
Estaremos Fechado

Sexta 21/11 Roteiro Afro Campineiro – Patrimonio Local

9h30

Oficina – A presença Negra no Centro Histórico de Campinas

14h30

Oficina – Construindo novos Roteiros

Roteiro Afro Campineiro e Cultura Digital

Sábado 22/11Patrimonio Cultural Imaterial e Os Movimentos Sociais:

Comunidades Tradicionais de Terreiro, LGBT e grupos Culturais

9h30 – 12h30

Entendendo o Patrimonio

Oficina de Organização de Acervo- Identificação do Patrimonio Cultural
Profa. Claudia Wanderley – CLE/Unicamp

14h30

Patrimonio Edificado – Nossas ruínas

16h

Negras Raízes – Roda de conversa com artistas negros campineiros
Coord. Rosana Meneses

Terça 25/11 Religiosidades e Patrimonio

9h30

Oficina - Mitologia Africana X Mitologia Greco – Romana

17h

Palestra – Sincretismo Afro Religioso

Roda de Conversa: Pai Joãozinho – Terreiro da Vó Benedita

19h30

As Santas Negras - Palestrante: Fábio Custódio

Quarta 26/11 Casa de Cultura Fazenda Roseira – Centro de Referencia, Pesquisa e

Memória da Cultura AFRO Campineira
Patrimonio Material e imaterial – um diálogo constante

9h30

Lei 10639/03 – O pilar de nossas ações (Projetos, atuação e realizações)
Prof. Wilson Queiroz

14h30

Metas e Parcerias – Construindo novos Rumos

Quinta 27/11 Centro de Referência Jongueiras e Jongueiros do Sudeste –
Campinas/SP – Pesquisa, Formação e Difusão da Cultura AFRO

9h30

Projetos, Parcerias e Metodologias – Diáspora Negra e Memória – parte 1

14h30

Brasil – Africa – Germinação, Intercâmbios e Registro – parte 2

Noite – Estaremos Fechados (evento Força da Raça)

Sexta 28/11 Maracatu Nação Nagô – memórias, negritude e resistência

9h30

Casa de Cultura Tainã – 25 anos

14h30

Memórias coletivas e identidades próprias

Sábado 29/11 Um panorama da Juventude de Terreiro no Brasil – desafios e perspectivas
Juventude de Terreiro RMC

9h

Roda de Conversa – Juventude de Terreiro e Coletivo Saravaxé

14h

Mapeamento das Comunidades Tradicionais de Terreiro – O Direito e as
Vulnerabilidades - uma conversa necessária

23h59 Samba de Luá – Último do Ano

Homenageados convidados: Aureluce Santos e Nelsinho Fidélis

Terça 02/12 Dia do Samba

As Matrizes do Samba no Rio de Janeiro: partido alto, samba de terreiro e samba
Samba do Recôncavo Baiano

09h30

Oficina Projeto: Saberes e Sabores – Feijoada

14h30

Roda de Conversa: Feijoada do Samba, Feijoada das Marias do Jongo(video)

A Feijoada do Sudeste – CLE/Unicamp Profa Claudia Wanderley

Edna Lourenço

19h30 – 23h

Roda de Conversa :O Samba Campineiro Conversando de Samba com Casa Caiada e 
Convidados das Agremiações das Escolas de Samba (roda de samba)

Quarta 03/12 - Culinária Afro Brasileira – Mitos, ritos e mirongas

9h30

Exibição de Videos 100 anos de Abdias do Nascimento e Carolina de Jesus

14h as 17h

Oficina Saberes e Sabores - Culinária Afro Brasileira – parte 1

Quinta 04/12 Nos Ventos de Oiá

9h30

Mitos e contos – A senhora dos Ventos - Culinária Afro Brasileira – Mitos, ritos e mirongas

14h as 17h

Oficina Saberes e Sabores -Culinária Afro Brasileira – parte 2

19h

 Coletivo SARAVAXÉ
 Encerramento: Toques e Batuques - Escola de Curimba Ayan Angalu - Prof. Mavi Jalekue

terça-feira, 24 de junho de 2014

11º Arraial Afro-Julino da Comunidade Jongo Dito Ribeiro



O Arraial Afro-Julino da Comunidade Jongo Dito Ribeiro é a maior festa organizada pela sociedade civil em Campinas e região, com a participação de cerca de 3000 pessoas. É uma festa julina anual com duração de 18h que ocorre sempre no segundo sábado do mês de Julho. Este ano será no dia de 12 de Julho.

A festa inicia tradicionalmente com o terço a São Benedito e depois segue com apresentações culturais e artísticas de grupos parceiros de diversas localidades do estado de São Paulo do segmento afro. Tem jongo, samba, maracatu, rap e outras manifestações culturais afro-brasileiras, além da disposição de barracas de comidas típicas juninas e artesanato. Em 2009 o Arraial foi inserido no calendário oficial do Estado de São Paulo, dada a importância e referência do evento e a divulgação que promove da cultura afro em sua diversidade. A Festa acontece na Casa de Cultura Fazenda
Roseira, instalada na sede de uma antiga fazenda, na periferia de Campinas/SP. A entrada é 1kg de alimento não-perecível, os quais são doados para o banco de alimentos da prefeitura municipal de Campinas.

Toda a elaboração, desenvolvimento, divulgação e organização do Arraial é realizada pela própria Comunidade, unindo gerações, amigos e familiares no maior evento realizado pela sociedade civil na cidade.

Quando: 12 de Julho (sábado)
Horário: das 12h às 6h do dia 12/07
Entrada: 1kg de alimento não perecível (menos sal)
Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira – Rua Domingos Haddad, n.01, Residencial Parque da Fazenda, cep. 13060-563, Campinas-SP.

Realização: Comunidade Jongo Dito Ribeiro

Mais Informações:
com Alessandra Ribeiro: 19 3227-5633/ 99134-3922
com Sandra Gagetti: 19 99114-1208
com Vanessa Dias: 19 98106-7238/2517-6155


sexta-feira, 30 de maio de 2014

A Casa de Cultura Fazenda Roseira, é a sede da Comunidade Negra de Campinas durante a Copa 2014


E para acolher os visitantes e nigerianos que estiverem em Campinas durante os jogos do Brasil e da Nigéria, preparamos um conjunto de debates, apresentações artísticas, exibições de filmes com cineclubismo, teatro, dança e música, feirinha afro com comidas típicas para Campinas e Região e mais. Espaços estes para possibilitar o encontro e a interação das culturas afro-brasileiras dentro de um dos eventos mais conhecidos do mundo.

As atividades acontecem durante todo o mês de junho, a partir do dia 1/6 com abertura da exposição do chargista Junião, sobre jogadores Negros que vestiram a camisa da Seleção Brasileira, se encerrando na véspera da final da Copa no dia 12 de julho com o tradicional Arraial afro Julino do Jongo.
Durante a programação no dia 22/06 o Centro Cultural Luís Machado - Machadinho, único clube negro de Campinas, será visitado com atividades durante todo o dia, em pré comemoração de seus 70 anos.
A entrada é franca, a camiseta oficial do evento está pronta e o verde-branco e amarelo são as cores que irão predominar em nossas ações.

Esperamos vocês.


Entrada Franca – aceitamos doações de 1k alimento SARAVAXÉ

Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira: Rua: Domingos Haddad, n° 01
Bairro: Residencial Parque da Fazenda - Cep: 13060-563
Em frente à PUC II, dentro do loteamento. Campinas-SP

Mais Informações no site:

PROGRAMAÇÃO

01/06 – (domingo)


10h – Cineclube Catavento + Debate com o filme Moi, Un Noir

(Eu, um Negro) de Jean Rouch

12h – Almoço Cultural (opcional)

14h00 – Abertura oficial Exposição do Chargista Junião

"Jogadores Negros que vestiram a CAMISA da seleção brasileira"
Horário de Visita Exposição Casa de Cultura Fazenda Roseira
3ª feira e 5ª feira – 9h às 21h
4ª feira, 6ª feira e sábado – 9h às17h.

14h30 - Apresentação Aureluce Santos e Banda

15h30 - Ilcei Miriam


07/06 (sábado)

10h - Oficina de Roda de Jongo (Projeto Pisa na Tradição)

12/6 (quinta-feira) - Abertura: Brasil – 17h

10h – Cineclube Catavento – filme em debate: Raízes da Roseira
e Bumbo Dá Samba

12h - Almoço Cultural (opcional)

13h - Roda de Capoeira IBECA

13h30 - Apresentação da Escola de Curimba Ayan Agalu

14h - Debate: Territórios de tradição – espaços, estórias e
comunidades negras em Campinas
Com: Alceu (Urucungu´s Puítas e Quijengues) Dona Maria, Dona Vera e Tia
Edite, mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Glória Cunha (Maracatucá),
Marisa Sambadeira. Mediador – Sr. Valdir Oliveira (Clube Machadinho)

16h30 - Show de Pandeiro com Marcão ACADA e Athaualpha
Apresentação do projeto “Nos passos dos mestres, faz girar meu pavilhão”

18h - Grupo de Samba Casarão

14/6 (Sábado)

10h30 - Oficina de Roda de Jongo (Projeto Pisa na Tradição)
10h - Encontro de Escritores de Religiões de Matrizes Africanas

23h59 - Samba de Luá (até às 06 da manhã do Domingo)

16/06 (segunda-feira) Nigéria – 16h

10h30 - Oficina "O poder da Cozinha Afro brasileira e africana"
Sabores e temperos com Ekedi Edna Lourenço e convidadas.
Mediadora: Mãe Corajaci: Almoço/ Oficina 10,00 por pessoa

14h - Oficina de lenços e dorsos – Cris DJUMBO (Os tecidos
para a oficina serão vendidos na hora)

17h - Oficina de Puxada de Rede

17h30 - Afoxé Omí Alado

18h30 - Samba de Iaia – com Tatiana Rocha

17/06 (terça feira) Brasil – 16h

10h - Cineclube Catavento - filme em debate: A Caminho da Copa

12h - Almoço Cultural (opcional)

13h - Debate: Copa pra quem???

Mic Portela , Ike Banto, Pai Ortiz , Vereador Paulo Búfalo e Natalie Portman +
Comitê Popular da Copa - SP + convidados. Mediadora: Alessandra Ribeiro

15h - Maculele IBECA e Escola de Curimba Ayan Agalu

17h - Grupo de Samba Casarão

21/06 – ( Sábado) Nigéria – 18h

09h - Projeto Capoeira Mestre Bill e Marcão Acada + Oficina de
Pandeiro e Malabares (Centro de Convivência Cultural de Cam-
pinas (Rua: Imprensa Fluminense , s/n – Cambuí)

12h - Almoço Cultural Típico (opcional)

14h - Apresentação Aureluce Santos e Banda

17h - Ilcei Miriam André Oliveira e Batuqueiros

22/06 (domingo] - 10h - Clube Machadinho

10h - Histórias do Machadinho - Seu Valdir - Centro Cultural
Luis Machado (Machadinho) Rua: Cerqueira, 66 - Vila Industrial

12h - Almoço Cultural (opcional)
14h - Savurú, Grupo de Samba Casarão + Marcão ACADA,
Jongo Dito Ribeiro e convidados

23/06 (segunda feira) Brasil – 17h

10h – Cineclube Catavento – filme em debate: Indústria
Audiovisual e Festival Africano

11h - Capoeira IBECA

12h - Almoço Cultural (opcional)

13h - Apresentação do projeto “Nos passos dos mestres,
faz girar meu pavilhão”

13h30 - Show de Pandeiro com Marcão ACADA e Athaualpha

14h - Debate - Racismo e patrocínios no Esporte
Diogo Silva (Taekwondo) vereadores Tico Costa e Carlão do PT e
convidados. Mediador - Michel Yakini (Fundação Palmares/SP)

15h30 - Ilcei Miriam e Convidados

18h - Grupo de Samba Casarão

25/06 (quarta feira) Nigeria – 13h

12h - Almoço Cultural (opcional)

13h - Bendito os Beneditos – Teatro de Mamulengos Inventor
de Sonhos

15h - Canticos da Dona Noca - André de Moraes

28/06 (sábado) Brasil – 13h

10h – Cineclube Catavento – filme em debate: Chimamanda
Adichie, O Perigo de Uma Única História

10h30 - Pisa na Tradição – Comunidade Jongo Dito Ribeiro

12h - Almoço Cultural (opcional)

12h30 - Grupo de Samba Casarão

12/07 11º Arraial Afro Julino do Jongo Dito Ribeiro
12h (sábado) às 06h da manhã (domingo)

Mini Oficinas: "Nigéria e sua Mitologia Africana" Prof. OKUN
OLOLA - Quartas-feiras 04, 11, 18 de Junho e 02 de Julho das
18h30 às 21h - na Fazenda Roseira. Vagas limitadas.



Realização: Comunidades Negras de Campinas-SP