terça-feira, 12 de novembro de 2013

V Sou África em Todos os Sentidos começa nesta quinta-feira e traz múltiplos espaços de interações no tema Mulheres


          A 5ª Edição do Sou África em Todos os Sentidos – Obírin (mulheres em iorubá) é uma busca nas raízes africanas para apresentar a mulher como um ser pleno e multifacetado. Mãe, esposa, filha, militante, artista, sacerdotisa e, sobretudo, portadora do poder feminino. Com esta temática, entre 14 de novembro e 02 de dezembro de 2013, estaremos todos os dias celebrando o legado feminino através de oficinas, debates, exposição e apresentações de mulheres.

        Possibilitará grandes encontros de saberes, homenagens, discussões, obras e transformações de entendimento numa programação que contemplará exibições de filmes, exposições, homenagens, debates, saraus, shows, tradições e trocas, todas especialmente feitas para todas as mulheres que pensam suas culturas diariamente.



Programação Completa:


Sujeita a alteração e/ou inserções

14/11 Quinta-Feira – OBIRIN - Abertura Oficial 

19h – Mesa de Abertura: Presença das Mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro - Secretaria de Cultura – CEPIR – IPHAN e lideranças parceiras Lançamento da Exposição “Jongueiros Paulistas do Sudeste”. Fotos da Comunidade Jongo Dito Ribeiro - Campinas, Jongo Mistura da Raça - São José dos Campos, Jongo Quilombolas do Tamandaré - Guaratinguetá, Jongo de Piquete - Piquete

-Exposição Narrativa da Produção “IV Encontro Paulista de Jongueiros”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Por Coletivo Moinho e Agência Popular João Zinclar – Construção Partilhada do Conhecimento

-Lançamento do Livro “Duas Marias e Uma Edite”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro 

-Atividade Cultural Desfile de moda e turbantes OBIRIN , com a marca Djumbo

15/11 Sexta-Feira – Mulheres da Militância – Homenageada: Edna Lourenço

-Manhã: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação nas comemorações do “Dia Nacional da Umbanda”

-16h30 - Roda de Conversa sobre Mulheres Negras na Militancia, com Edna Lourenço 

-17h30 Exposição Narrativa da Produção “A preparação da Feijoada e as Marias do Jongo”, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Por Coletivo Moinho, Agência Popular João Zinclar e CLE Unicamp – Construção Partilhada do Conhecimento.

16/11 Sábado – Memórias do Samba de Bumbo – Homenageadas: Tia Sinhá e Marisa Marçal

-14h Mostra de Artes Visuais OBIRIN – presença das artistas selecionadas contando sobre seu processo criativo

-16h30 Roda de Conversa Memórias do Samba, com sambadeiras, junto com Samba de Bumbo, com Alceu, do Urucungos, Puitas e Quijengues

-A partir das 19h – a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada -Apoio e participação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro na abertura do Festival “Viva Zumbi”, na Rua Professora Carolina Souza Costa Barros, em frente à igreja, Monte Cristo, Campinas/SP

17/11 Domingo – nao haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira 

-10h Apoio e participação da Homenagem a Tia Nice – Nina Griô – Local: Feira Hippie - Praça Imprensa Fluminense, Centro de Convivencia – Campinas/SP

-15h Apoio e participação Evento Negros Nobres – Local: Clube Recreativo Machadinho – Rua Cerqueira Leite, 66 – Vila Industrial – Campinas/SP

18/11 Segunda-Feira – Mulheres e Cultura da Infância – Homenageada: Silvia Negrona (in 9h Oficina Malaika, com Rosana Meneses, do Tela Preta

-14h Festival de AfroContação de Histórias HADITHI NJOO (vivências itinerantes), com Odé Amorim / AfroEscola Laboratório Urbano (Santo André) 

-19h Roda de Conversa Cultura Popular e Criança Negra, com Marcia Anacleto, doutoranda em 

19/11 terça-Feira –Mulheres da Luta – Homenageada: Maria da Penha

-9h Oficina de estorias “Princesas Africanas”, com Mariana Cestari, da Comunidade Jongo Dito 

-14h Rode de conversa “Entre outras mil, as estórias da Nil”, com Nil Sena

-19h Roda de Conversa – O combate à violência contra as mulheres, com as Promotoras Legais Populares e a Coletiva das Vadias - Campinas

20/11 Quarta- Feira - não haverá atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira

-10h Concentração para Marcha Zumbi dos Palmares, na Estação Cultura, Praça Marechal 

-14h em diante Festival da Musica Negra “Viva Zumbi”, Rua Manuel Militão de Melo (antiga 38), Jardim das Bandeiras 2 – Campinas/SP

-16h Roda de Jongo com a Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Local: Mãe Preta - em frente à Igreja São Benedito – Local - Rua Cônego Cipião, nº 772 - Centro – Campinas,SP

-20h Premio Zumbi – Indicados: integrantes da Juventude Jongueira – Local: Câmara dos 

21/11 Quinta-Feira –Mulheres na Educação Afro e Indígena – Homenageada: Petronilha 

-9h Exibiçao de videos e Roda de Conversa sobre as perspectivas da Lei 11645/08, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira

-14h Oficina de Formação Lei 10639/03, com Lajara Janaina - Doutoranda em Educação 

-19h Roda de Conversa – Compartilhando experiências da Lei 10639/03, com Alessandra Ribeiro, da Casa de Cultura Fazenda Roseira e doutoranda de Urbanismo (PUC/Campinas)

22/11 Sexta-Feira – Mulheres e Saúde – Homenageada: Ana Cris Vangrelino

-9h Oficina Tambor e Saúde, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira

-14h Oficina das Sensações, com Dona Maria Alice, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro

-Noite: não havera atividades na Casa de Cultura Fazenda Roseira, para apoio e participação na 

23/11 Sábado –Mulheres em Campinas – Homenageada: Tia Nice do Acarajé

-9h Mulheres na praça: manifestação pelo Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher (25 de novembro), no Largo do Rosário (centro - Campinas), com Frente de Luta 

-14h Mostra de Artes Plasticas OBIRIN – apresentação de trabalhos das inscritas 

-16h30 Roda de conversa sobre feitos da Tia Nice, exposição de fotos e exibição de vídeo, com 

-18h30 Sarau, com a participaçao do grupo A rua’nda

24/11 Domingo – Mulheres e Musicalidade – Homenageada: Aureluce Santos

-9h-14h Oficina de Berimbau com o professor Paulo Bombril do Grupo IBECA

-16h30 Roda de Conversa com Aureluce Santos

-18h Roda de Samba, com Samba das Minas e grupos parceiros

25/11 Segunda-Feira - Mulheres e Trabalho – Homenageada: Laudelina de Campos Melo

-9h Oficina brincante “Se eu fosse você”, sobre mundo do trabalho, racismo e preconceitos, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira

-14h Oficina de culinária lúdica: temperos e sabores, com o Coletivo da Casa de Cultura Fazenda 

-19h Roda de Conversa – PEC das Domésticas: conquista de uma luta que vem de longe, com Regina Teodoro, do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas de Campinas - Apresentação de fotos, com Dona Marqueza, ex-integrante do Sindicato das Trabalhadoras 

26/11 Terça-Feira – Mulheres e Universidade – Homenageada: Lélia Gonzalez

-9h Oficina mitos, contos e encontros – contaçao de historias, com Dona Maria Alice, da 

-14h Oficina Universidade para quem?, com Silas Souza, do Cursinho Popular Herbert de Souza e Núcleo de Consciência Negra - Unicamp

-19h Roda de Conversa Trajetória Acadêmica e Luta Política: o exemplo de Léllia Gonzalez, com Mariana Cestari, doutoranda de Linguística (Unicamp) 

27/11 Quarta-Feira – Mulheres da música e literatura – Homenageadas: Dona Geny

-9h Oficina de poesia negra, com Mariana Santos de Assis, mestranda em Linguística Aplicada e integrante do Núcleo de Consciência Negra (Unicamp) 

-14h Oficina de composição e outros versos, com Comunidade Jongo Dito Ribeiro e A rua’nda

-19h Roda de Conversa “Uma viagem na literatura negra”, com Luana Antunes Costa, doutoranda em Estudos Comparados de Lits. de Língua Portuguesa – USP

28/11 Quinta-Feira – Mulheres e Política – Homenageada: Leci Brandão

-9h Oficina de brincadeiras Zé do Caroço, com Coletivo da Casa de Cultura Fazenda Roseira

-14h Roda de Conversa Mulher, Política e Comunidade, com a participação da Dep. Leci Brandão

-Noite: a Casa de Cultura Fazenda Roseira estará fechada para apoio e participação na Audiência Pública – Lei Cultura Viva, com a Dep. Leci Brandão – Local: Câmara dos Vereadores

29/11 Sexta-feira - Mulheres, Iabás e Ialorixás – Homenageada Maria Edna Ribeiro  

-10h As Mulheres na Mitologia Africana, com Alessandra Ribeiro

-14h Oficina "Bangê biolê: a alegria de dançar", com Profa. Alessandra Gama, do Ponto de 

-19h Roda de Conversa - O feminino no sagrado, com a participação de religiosas de matrizes

Dia 30/11 A mulher e as Tecnologias – Homenageada: Sília Moan

-14h Roda de conversa sobre novas tecnologias e cultura local, com a profa. Cláudia Wanderley

-16h Rode de Conversa sobre mulher, tecnologia e feminismo, com Tais Lobo 

-18h30 Lançamento do Livro Ndapandula Mama África, com a autora Dulce Braga, seguida de contação de estórias angolanas

01/12 Domingo – Mulheres, Patrimônio, Memória e Identidade – Homenageada: Dona Ratinho (In Memorian)

-14h Roda de conversa sobre a mulher no patrimônio imaterial, com representante do IPHAN e do Pontão do Jongo Caxambu

-16h Rode de conversa com detentores do patrimônio imaterial e poder público local, com Mãe Eleonora, Alessandra Gama (Ibaô), Marcela (Coordenadoria Setorial do 

02/12 Segunda – Feira – Dia do Samba pra gente sambá – Homenageada: Clementina de Jesus (In Memorian)

-Comemorações do Dia do Samba – Casa Caiada, Mesa de Bar e convidados. Aguardem!

Endereço: Casa de Cultura Fazenda Roseira - Av. John Boyd Dunlop, s/n. Em frente à PUC II, dentro do loteamento. Campinas-SP 



Exposições

-Exposição de fotos Jongueiros do Sudeste (comunidades do estado de São Paulo)

-Fabulografias – “Que África Venta por Você?”

Realização:

Comunidade Jongo Dito Ribeiro

Casa de Cultura Fazenda Roseira

Apoio

Secretaria Municipal de Cultura – CEPIR – IPHAN – Pontão Jongo/Caxambú

Parceria

Comunidade Negra de Campinas / Nina Griô / Tainã / IBAÔ / Programa Mais Educação / 
Ponto de Cultura Caminhos /Casa da Cultura Digital / Nós Digitais /Rede Mocambos/ Unicult 
Campinas/ Usina Geradora / IBECA/ Djumbo / Grupo Força da Raça / Cursinho Herbert de 
Souza / Núcleo de Consciência Negra – Unicamp / Sindicato das Trabalhadoras Domésticas / 
Promotoras Legais Populares / Coletiva das Vadias / Casa Caiada / Grupo Samba das Minas
/Grupo Mesa de Mar / Coletivo A rua’nda / Grupo Urucugos, Puítas e Quijengues / Coletivo Fabulografias / Casa de Cultura Tainã / Coletivo NINA / Coletivo Moinho.

Contato:

http://casadeculturafazendaroseira.blogspot.com

http://comunidadejongoditoribeiro.blogspot.com.br/

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

5° Edital Aberto - Sou África em Todos os Sentidos - Na Casa de Cultura Fazenda Roseira


A Comunidade do Jongo Dito Ribeiro, responsável pela Casa de Cultura Fazenda Roseira, dá conhecimento aos interessados que estão abertas as inscrições, de 6 de Setembro a 04 de outubro de 2013 para selecionar obras de artistas para a Mostra de Artes Plásticas da 5ª Edição do África em Todos os Sentidos, a ser realizada no período de 14 de Novembro de 2013 a 2 de Dezembro de 2013.

A 5ª Edição do África em Todos os Sentidos é uma realização da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, com o objetivo estimular a reflexão acerca da contribuição da cultura africana para a formação do povo brasileiro, de maneira a contribuir na promoção, difusão e expansão da diversidade das linguagens artística e cultural, além de possibilitar a compreensão da cosmovisão africana através dos sentidos vitais do ser humano: paladar, tato, olfato, audição e visão. Em 2013, o evento tem como tema as mulheres, assim para a mostra selecionaremos apenas artistas do sexo feminino.

Formulário de inscrição pela web no link: http://goo.gl/i5Ata7


As inscrições são gratuitas! E o edital de seleção pode ser acessado em http://fazendaroseira.blogspot.com.br/ ou você pode solicitar pelo e-mail mostra.artistica@gmail.com

Após, fazer sua inscrição precisamos que você envie para o e-mail mostra.artistica@gmail.com os seguintes documentos:

a) Currículo documentado da artista;

b) Fotografias em cores ou de reprodução colorida com impressão de qualidade visual, com tamanho mínimo de 13 x 18 cm e máximo em formato A4, na quantidade de 01 (uma) a 05 (cinco) obras inéditas ou não com as quais pretenda concorrer. Deverão ainda vir acompanhadas de informações complementares (ficha técnica) tais como: autor, título da obra, técnica e materiais empregados, dimensões, ano de execução e outros dados que o artista julgar necessário, no verso da mesma.

c) As obras poderão ser inéditas ou não, não sendo admitidas cópias ou reproduções de outros artistas.

d) Declaração de que as obras apresentadas são de sua criação, conforme modelo de Declaração de Direitos Autorais (assinada) - Anexo III deste Edital de Concurso.

CONTAMOS COM TODAS VOCÊS!!